Como ingressar em uma empresa sem ter experiência?

Chegou o tão esperado momento da sua vida: com a formação acadêmica concluída, uma boa bagagem de conhecimento, você quer conseguir um emprego e começar a sua vida profissional.

Mas o mercado cria muita resistência para pessoas sem experiência profissional. Como assim? Como obter experiência e aplicar todo o seu conhecimento, se os empregadores querem profissionais com alguma rodagem?

Infelizmente, a maioria das empresas pensa dessa forma e com isso tudo fica mais difícil – mas não impossível.

Existem formas de buscar e conseguir a primeira oportunidade, com planejamento onde sua capacidade possa ser notada. Veja como ingressar em uma empresa sem ter experiência.

01 – Pesquise sobre o que o mercado espera da sua formação acadêmica

A internet é a sua grande aliada para descobrir que rumos a sua carreira deve tomar diante do mercado – em quais competências ele mais sente necessidade de contratar.

Por exemplo, que aspectos as empresas mais precisam no setor Financeiro – que basicamente contrata os formandos de Economia e Administração. A carreira em si é bastante abrangente, mas um ou outro conhecimento pode ter mais demanda.

Dessa forma, você pode ir à dica 2 de forma mais assertiva.

02 – Continue se qualificando

Após graduar-se no ensino médio, no técnico ou superior, você fechou um ciclo de aprendizado importante e que vai pesar na qualidade do seu currículo.

Porém, continuar se qualificando é tão importante quanto. E não precisa ser um curso superior imediatamente ao técnico, ou uma pós-graduação após o superior. Talvez isso seja difícil financeiramente.

Mas você pode fazer cursos online e presenciais de temas pontuais da sua formação acadêmica atual que pareçam deficiências do mercado de profissionais atual. Por exemplo, se especializar na Reforma Trabalhista para diferenciar-se em algo tão complexo na setor de Recursos Humanos.

E a qualificação constante é um excelente ponto a ser mostrado no seu currículo.

03 – Trabalhe como Jovem Aprendiz

Essa é uma oportunidade muito interessante para jovens que estão estudando no Ensino Médio e Superior e podem começar a conviver no ambiente de trabalho.

O Programa Jovem Aprendiz é destinado a jovens que estejam estudando e as empresas de médio e grande porte são obrigadas, poe lei, a destinada uma cota do quadro de funcionários para os jovens aprendizes.

Você trabalhará como funcionário da empresa, com responsabilidades mas também o foco no aprendizado. É a forma direta de estar num ambiente corporativo, ganhar uma renda – que deve ser de, pelo menos, um salário-mínimo – e começar a formar sua vivência profissional.

04 – Transforme-se em um produto

Aqui é a criatividade de se vender faz a diferença.

Pense nas suas melhores competências adquiridas ao longo desses anos de formação acadêmica – aquelas que você executaria com mais qualidade.

Elas podem se transformar em trabalhos freelancer em diversos sites que oferecem oportunidades de empresas por trabalhos de curta duração – como autônomo – ou projetos. Será a sua oportunidade de praticar em situações de pouca pressão pelo investimento da empresa e mostrar serviço.

Outra forma bastante eficaz de se vender é oferecer seus serviços em um blog ou redes sociais, de forma autônoma. Se você é um Contador formado, pode  oferecer suporte contábil remoto, por exemplo.

O mercado aqui será o de micro e pequenas empresas, que podem resolver poucas demandas por um valor mensal com o seu atendimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *