Entenda o que é a endometriose, quais são seus sintomas e tratamento

A endometriose é uma doença mais comum do que parece e por muitas vezes passa despercebida por mulheres que não têm conhecimento sobre a mesma. 

É muito importante estar atento aos sintomas e ter conhecimento sobre quais são seus tratamentos caso receba o diagnóstico. Então, se você deseja saber mais sobre a endometriose, continue lendo a seguir.

Entendendo o que é endometriose

O endométrio é a mucosa que reveste internamente o útero. E é a camada que descama durante a menstruação e é reconstruída no próximo ciclo para receber uma possível gestação.

A endometriose é o aparecimento e crescimento do endométrio do lado de fora do útero.

Tratamentos para endometriose

Existem alguns tratamentos disponíveis para auxiliar na melhora da endometriose, dentre eles:

Tratamento cirúrgico

A cirurgia por vídeolaparoscopia permite a biópsia para confirmar o diagnóstico e fazer a remoção de implantes, o que pode auxiliar na melhora no quadro de dor e facilitar que a mulher engravide espontaneamente ou através de tratamento.

Medicamentos usados para tratar a endometriose

Dependendo do número e distribuição dos focos de endometriose, o médico pode indicar o tratamento hormonal, que interrompe os ciclos menstruais causando, assim, a inativação funcional dos focos de endometriose. 

Tipos de endometriose

O tipo de endometriose ocorre dependendo do órgão afetado e do quanto as células do endométrio penetraram na parede do órgão.

Endometriose profunda

A endometriose profunda ocorre quando as células endometriais penetram mais de 5 mm da espessura da parede do órgão ou do tecido. 

É o tipo mais severo de endometriose, com maior número de sintomas e maior dificuldade terapêutica. 

Endometriose superficial

Endometriose superficial ocorre quando os implantes endometriais se desenvolvem no peritônio (camada que recobre os intestinos). 

Ela pode ser bem dolorosa e apresentar lesões ativas, que causam sangramento durante o período menstrual ou lesões cicatriciais.

Endometriose intestinal

A endometriose intestinal ocorre quando os implantes se infiltram na parede dos intestinos. 

Essa infiltração geralmente não ultrapassa 3 mm de parede intestinal e pode interferir no hábito intestinal e causar dores moderadas ou fortes.

Endometriose no ovário

A endometriose pode acometer os ovários de forma superficial ou ocasionar os cistos de endometriose ovariana, que são conhecidos como endometriomas ou cistos de chocolate. 

É a forma menos dolorosa da endometriose.

Endometriose de parede

A endometriose de parede é rara. Ela consiste na presença de endométrio infiltrado na parede abdominal. 

É doloroso e pode ser sentido ao palpar o abdome. Muitas vezes apresenta mudança de coloração na pele, causando escurecimento.

Endometriose pulmonar

A apresentação da endometriose fora da pelve feminina é bem rara, mas pode acontecer. 

Como as células endometriais sofrem a influência direta dos hormônios do ciclo menstrual, podem acabar ocasionando sangramento de vias aéreas durante a menstruação, que pode ser perceptível através de tosse com secreção serosanguinolenta.

Sintomas de endometriose

Os principais sintomas dessa doença, são:

  • Dor abdominal;
  • Cólicas menstruais;
  • Sangramento nas fezes;
  • Massa abdominal palpável;
  • Distensão abdominal;
  • Dor para evacuar ou urinar;
  • Alterações do hábito intestinal: diarreia ou prisão de ventre;
  • Infertilidade;
  • Dor na relação sexual;
  • Síndrome disfórica (sinais e sintomas mais intensos na TPM).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.