Entenda porque a gordura localizada é a mais temida pelas mulheres!

Nós mulheres sabemos como é dura a batalha com o ganho de peso e com o acúmulo de gorduras.

É a vida corrida que nem sempre dá espaço para nos alimentarmos de forma saudável, os pequenos (às vezes nem tanto) prazeres da gula e um indesejada preguiça com exercícios físicos.

Um desses fatores, isoladamente, já nos coloca na mira da balança, imagina os três! E quando além desses fatores, ainda existe a genética para colaborar com a insônia? É o que acontece com as gorduras localizadas.

Vamos falar um pouco neste artigo a respeito e entender porque a gordura localizada é a mais temida pelas mulheres.

O que é a gordura localizada?

Sabemos que nosso organismo trabalha com o consumo de energia que a nossa alimentação gera, naquela equação básica de engordar ou emagrecer conforme os lados da balança.

Basicamente, engordar é ingerir muito mais calorias que o corpo necessita para ter energia para as atividades que damos a ele – se consumimos 100 e nos exercitamos, certamente vamos gastar muito mais dos 100 do que se formos sedentárias.

Você está preguiçosa? Seu corpo é “solidário” com você!

Mas, se ficarmos com saldo de gordura continuamente, é o ganho de peso da forma que conhecemos. E nem adianta apenas reduzir o consumo ou ficar muitas horas sem comer; o corpo vai buscar energia nos lugares mais fáceis, como as proteínas nos músculos.

Por isso as dietas altamente restritivas e os jejuns, além de diversos males, só fazem o corpo consumir a massa magra, e esquecer as gorduras mais difíceis, que são justamente as famosas gorduras localizadas: coxas, quadris, abdômen e nas costas.

É importante ressaltar que as gorduras localizadas também podem ter causas genéticas e hormonais – e um médico especialista vai ajudar a definir essas causas e um tratamento para prevenir ou amenizar.

Por que é tão difícil perder a gordura localizada?

Quando temos uma rotina saudável – alimentação, sono e exercícios – perdemos continuamente a chamada gordura sistêmica – aquela que fica espalhada em todo o corpo e que o organismo queima primeiro para gerar energia – pelo princípio da facilidade de acesso.

As gorduras localizadas ficam em áreas de baixa irrigação sanguínea e também de menor movimentação física, tornando-se muito compactas, o que dificulta o uso delas pelo organismo. Por isso a atividade física é tão importante no processo.

Algumas causas da gordura localizada

Comer com pressa

Comer correndo, além dos males que traz para todo o sistema digestivo, impede que o cérebro controle com eficiência o momento da saciedade. Você vai comer mais do que precisa.

Jejum

Jejum ajudar a engordar! Parece um contrassenso, mas se você mantiver longos períodos sem comer, seu corpo começa a armazenar mais caloria porque espera um longo período à frente sem receber alimento. Isso aumenta os depósitos de gordura no corpo e, claro, direto onde ela se torna localizada.

O jejum também desequilibra o reloginho do metabolismo, o que é decisivo para engordar.

Sedentarismo

A própria palavra já explica tudo, não é mesmo?

O que pode evitar e combater a gordura localizada?

É importante lembrar que perder a gordura localizada pelas formas a seguir, vai acontecer se a causa dela for mecânica – excesso de consumo de gordura e baixa perda. As causas hormonal e genética devem ser avaliadas a fundo.

Não podemos esquecer, também, que a perda da gordura localizada é muito mais lenta, portanto vai exigir muita disciplina, paciência e força de vontade!

  • Comer devagar;
  • Comer a cada 4 horas nó máximo – 3 refeições principais e pequenas quantidades (e saudáveis) entre elas;
  • Evite ao máximo o açúcar – ou use o demerara ou o açúcar de coco;
  • Atividade física regular – você perde massa gorda e ganha massa magra (músculo);
  • Tenha um sono de qualidade – horário fixo, rotina e eliminar maus hábitos na cama, como usar celular e comer;
  • Beba bastante água – essa é um santo remédio para tudo em nosso corpo e auxilia na queima de gordura;
  • Você pode perder rapidamente a gordura localizada através de alguns procedimentos realizados em clínicas de estética e começar a batalha diária com mais motivação e disposição física!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *